Encore Responde

Transplante de coração: saiba como é feito esse procedimento

23/07/2020

A doação de órgãos é um processo bastante simples que pode salvar muitas vidas. No Brasil não há necessidade de registrar nenhum documento, basta que o doador informe a decisão para sua família.

Para recorrer a um transplante de coração, o receptor deve estar inscrito em uma lista de espera e aguardar a doação de um órgão que seja compatível. A inscrição nesta lista de espera é feita diretamente pela equipe médica que acompanha o paciente e que irá realizar o transplante.

O paciente só entra para a lista de espera depois de realizar uma avaliação clínica, com exames laboratoriais e outros exames que comprovem que esta é a melhor alternativa para o seu caso. O médico considerada tanto a relação risco-benefício, quanto a possibilidade de outros tratamentos e doenças associadas.

O transplante depende da retirada do coração de uma pessoa que teve morte encefálica. O coração a ser transplantado deve estar em bom estado de funcionamento e ser compatível com o receptor em características como tipo sanguíneo, peso, altura dentre outras que serão avaliadas pela equipe médica.

As complicações mais comuns são a rejeição do órgão transplantado ou a infecção. Mas, vale lembrar que infecções podem ocorrer em qualquer procedimento cirúrgico, porém em casos de transplantes eles são agravados pelo uso de medicamentos imunossupressores.

Os imunossupressores são usados para atenuar as defesas do organismo contra o órgão que foi transplantado, a chamada rejeição. E, por esse motivo pode acabar atenuando também as defesas do organismo em relação a outras infecções.

Depois da realização do transplante de coração, a recuperação do paciente é lenta e bastante rigorosa. No entanto é necessário manter uma alimentação equilibrada e seguir todas as recomendações do seu cardiologista.

Na maioria dos casos, o paciente pode retornar para casa depois de 3 ou 4 semanas após cirurgia conforme avaliação. Mas, durante a recuperação e principalmente após a alta deve manter o acompanhamento médico para observar sinais que possam indicar complicações.

No Hospital Encore você pode contar uma equipe especializada em cardiologia. Agende agora mesmo o seu check up!

Cateterismo e Angioplastia: qual a diferença?

Preencha o formulário abaixo para saber mais.