Blog Saúde

Hemodinâmica: para que serve e como é feito?

04/11/2019

A hemodinâmica é um exame realizado para identificar obstruções nas artérias coronárias. Antes era usada apenas como método de diagnóstico, mas passou também a ser utilizada para realização dos procedimentos terapêuticos nos mais diversos problemas cardiovasculares congênitos ou adquiridos.

É um procedimento que utiliza a mesma técnica do cateterismo, e com ele é possível avaliar o funcionamento das válvulas e do músculo cardíaco e diagnosticar qualquer possibilidade de infarto ou localizar a obstrução exata que está causando o infarto. 

Como é realizado o exame?

Por ser um exame invasivo o paciente necessita estar de jejum por no mínimo quatro horas, e deve repousar no período que antecede o procedimento. Além disso deve evitar o consumo de bebidas alcoólicas e estimulantes como energéticos, por exemplo.

Caso o paciente faça uso de medicamentos habituais eles devem ser mantidos e a suspensão de qualquer um deles deve ser realizada sob orientação médica. Para realização da hemodinâmica o paciente receberá uma anestesia local para inserção do cateter nos vasos sanguíneos da virilha, braço ou punho.

O cateter é guiado até o coração por um equipamento especial de raio-x que permite a visualização das artérias coronárias, válvulas e músculo cardíaco. O procedimento é indolor e pode durar de 20 a 50 minutos. 

Como é o pós exame?

Embora a recuperação seja rápida o paciente necessita de repouso, e em alguns casos é recomendada a internação. Pois, apesar de haver um pequeno corte na pele o procedimento é considerado uma técnica cirúrgica. 

Após o exame o paciente deve intensificar a ingestão de líquidos, e ter cuidados com o curativo que deve ser trocado diariamente. Mas, todas as orientações pós exame serão indicadas pelo médico responsável pelo procedimento. 

O Hospital Encore é pioneiro em oferecer o serviço de hemodinâmica em Goiânia e Aparecida de Goiânia e conta com um pronto socorro especializado em urgências cardiovasculares.