Blog Saúde

Cigarro o maior inimigo do seu coração

05/08/2019

Inimigo número um do pulmão, o cigarro também pode acarretar várias outras doenças e afetar inclusive o coração. O tabagismo tem grande impacto negativo na nossa saúde como um todo, além de causar dependência física, psicológica e comportamental fatores que são bastante semelhantes aqueles que acontecem quando há o consumo de outras drogas.

Indiferente do formato – charuto, cachimbo ou narguilés, ou da quantidade o tabaco é bastante prejudicial e mata milhões de pessoas todos os anos. Os fumantes devem ficar atentos, pois além das doenças no pulmão o tabaco também pode provocar problemas cardiovasculares, além de câncer e acidente vascular cerebral (AVC), e ainda aumentar os riscos de morte súbita. 

Assim que o tabaco entra em contato com o corpo ele começa a deixar marcas. Um único cigarro por dia já é mais que suficiente para provocar o endurecimento das artérias do fumante, e fazer com o que o coração tenha que trabalhar de forma mais intensa. 

O cigarro também provoca o aumento da tensão arterial e da frequência cardíaca, eleva os níveis de adrenalina no corpo, provoca a contração dos vasos sanguíneos, o estreitamento das artérias e a agregação das plaquetas fazendo com que o sangue fique mais viscoso provocando a formação de coágulos. 

A única e a melhor forma de reduzir as chances de um infarto é parar de fumar. E não é só os fumantes que tem chances de sofrer com infarto e outras doenças, os fumantes passivos, ou seja, aqueles que estão expostos frequentemente à fumaça do cigarro, contam com 30% a mais de risco do que aqueles que não tem nenhum contato com o cigarro.

Em 29 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Combate ao Fumo, uma campanha que tem como objetivo sensibilizar e conscientizar a população sobre os danos causados pelo tabaco. A melhor forma de prevenção é a conscientização.